Estudos

A Profecia das 2300 Tardes e Manhãs

1.  Em que tempo o Santuário deveria ser purificado?

Daniel 8: 14

Ele me disse: Até duas mil e trezentas tardes e manhãs; e o santuário será purificado.

Deus havia estabelecido de antemão no Seu calendário profético uma data em que iniciaria no santuário celestial a obra de purificação do mesmo.

2. A que tempo, disse o anjo, pertencia a visão?

Daniel 8: 19, 26

E disse: Eis que te farei saber o que há de acontecer no último tempo da ira, porque esta visão se refere ao tempo determinado do fim.

A visão da tarde e da manhã, que foi dita, é verdade; tu, porém, preserva a visão, porque se refere a dias mui distantes.

Através desta visão, Deus desejava mostrar a Daniel o que aconteceria nos últimos dias da história da Terra.

3. O que representa “tarde e manhã” na Bíblia?

Gênesis 1: 5

Chamou Deus à luz Dia e à trevas, Noite. Houve tarde e manhã o primeiro dia.

Uma “tarde e manhã” equivale a um dia. Duas mil e trezentas tardes e manhãs equivalem a dois mil e trezentos dias.

4. O que representa um dia em símbolo profético?

Números 14: 34

Segundo o número dos dias em que espiastes a terra, quarenta dias, cada dia representando um ano, levareis sobre vós as vossas iniquidades quarenta anos e teres experiência do meu desagrado.

Cada dia representa um ano. Vejamos então abaixo a tabela de descrição:

SÍMBOLO

SIGNIFICADO

2.300 tardes e manhãs

2.300 dias

1 dia

1 ano

2.300 dias

2.300 anos

A profecia apontava, portanto, um tempo profético de 2.300 anos (Veja também: Ezequiel 4: 6-7)

Quando tiveres cumprido estes dias, deitar-te-ás sobre o teu lado direito e levarás sobre ti a iniquidade da casa de Judá. Quarenta dias te dei, cada dia por um ano. Voltarás, pois, o rosto para o cerco de Jerusalém, com o teu braço descoberto, e profetizarás contra ela.

5. Como ficou Daniel ao ver o povo de Deus perseguido e a cidade e o santuário desolados?

Daniel 8: 27

Eu, Daniel, enfraqueci e estive enfermo alguns dias; então, me levantei e tratei dos negócios do rei. Espantava-me com a visão, e não havia quem a entendesse.

Nem Daniel, nem qualquer dos seus amigos conseguia compreender o que significava aquela visão.

6.  O que o anjo de Deus disse a Daniel ao fim da oração que ele fizera?

Daniel 9: 22

Ele queria instruir-me, falou comigo e disse: Daniel, agora, saí para fazer-te entender o sentido.

Um anjo foi enviado do céu para fazer com que Daniel entendesse a visão das 2.300 tardes e manhãs.

7.  Que instrução adicional da visão de Daniel 8 estava agora sendo dada?

Daniel 8: 26

A visão da tarde e da manhã, que foi dita, é verdadeira; tu, porém, preserva a visão, porque se refere a dias ainda mui distantes.

Embora eles não houvessem compreendido a determinada visão, o anjo do Senhor lhes assegurou ser esta verdadeira.

8. Que parte ou porção dos 2.300 dias (anos) foi determinada ao povo judeu?

Daniel 9: 24

Setenta semanas estão determinadas sobre o teu povo e sobre a tua santa cidade, para fazer cessar a transgressão, para dar fim aos pecados, para expiar a iniquidade, para fazer a justiça eterna, para selar a visão e a profecia e para ungir o Santo dos Santos.

Dentro deste grande período de 2.300 anos, Deus separou uma parte especial para o povo de Deus (Judeus). Setenta semanas. Cada semana tem sete dias. Vejamos abaixo a soma:

SÍMBOLO

SIGNIFICADO

70 semanas

490 dias

490 dias

490 anos

Dos 2.300 dias da profecia para que o santuário fosse purificado, Deus separou 490 anos para que de maneira especial o evangelho fosse levado aos Judeus.

9. Quando começaram os 2.300 anos?

Daniel 9: 25

Sabe e entende; desde a saída da ordem para restaurar e para edificar Jerusalém, até ao Ungido, ao Príncipe, sete semanas e sessenta e duas semanas; as pragas e as circunvalações se reedificarão, mas em tempos angustiosos.

A data marcada para o início da contagem seria a ordem para que o povo de Israel retornasse para sua terra e restaurasse seu governo baseado na Lei de Deus. Depois que essa ordem fosse dada, poderia contar-se sete semanas mais sessenta e duas semanas que na data exata viria o Messias (ungido). Vejamos a contagem profética:

SÍMBOLO

SIGNIFICADO

7 semanas e 62 semanas

69 semanas

69 semanas

483 dias

483 dias

483 anos

Depois da ordem dada para o povo Judeu voltar para sua terra, passar-se-iam 483 anos até que o Messias viesse.

10. Quando esta ordem entrou em vigor?

Esdras 7: 8, 13-14

Esdras chegou a Jerusalém no quinto mês, no sétimo ano deste rei;

Por mim se decreta que, no meu reino, todo aquele do povo de Israel e dos seus sacerdotes e levitas que quiser ir contigo a Jerusalém vá. Porquanto és mandado da parte do rei e dos seus sete conselheiros para fazeres inquirição a respeito de Judá e de Jerusalém, segundo a Lei do teu Deus, a qual está na tua mão;

Segundo a história, a ordem do rei Artaxerxes para que o povo de Israel voltasse à sua terra foi promulgada em 457 a.C. Desse modo, já temos a data de partida para a contagem dos 2.300 anos.

11. Quando se encerrou a contagem dos 2.300 anos?

Tendo como data de início da contagem o ano de 457 a.C., vemos o seguinte:

2.300 anos – 457 anos = 1843 anos

 Como não houve o ano “0” na contagem do tempo da história, ou seja, do ano 1 a.C. passou-se direto para o ano 1 d.C., devemos acrescentar mais um ano na contagem para que tenhamos a data correta:

1.843 anos + 1 ano = 1844 d.C.

Em 1844 começou a purificação do Santuário do céu, o juízo e a restauração da verdade na Terra.

12. Vamos tirar a prova real da profecia:

a) Após 7 semanas e 62 semanas (69 x 7 = 483 anos) havia de vir o Messias:

483 – 456 = 27 d.C.

A palavra Messias significa ungido. O ano em que Jesus foi ungido ou batizado com o Espírito foi exatamente no ano 27 d.C., (Mateus 3: 16; Atos 10: 38)

b) Na metade da última das 70 semanas o Messias seria morto (ver Daniel 9: 26-27): exatamente 3 anos e meio após o batismo, Jesus foi morto (entre Março e Abril do ano 31 d.C). Logo, a profecia foi confirmada (ver Daniel 9: 24).

c) No fim das 70 semanas, Estevão foi morto e o apóstolo Paulo converteu-se. A partir de então o Evangelho foi levado para os gentios (ver Atos 7: 58-59; 8:1-5; 9:15).

13. O que o anjo disse que ocorreria com o povo de Israel até o tempo do fim?

Daniel 9: 26

Depois das sessenta e duas semanas, será morto o Ungido e já não estará; e o povo de um príncipe que há de vir destruirá a cidade e o santuário, e o seu fim será  num dilúvio, e até ao fim haverá guerra; desolações são determinadas.

Deus deixou escrito que após matarem o Messias, nunca mais haveria paz em Israel. Vemos até hoje esta nação constantemente em guerra mostrando que a profecia está cumprindo-se.

No ano de 1844, Jesus entrou no compartimento Santíssimo do Santuário Celestial para iniciar a última obra de intercessão em favor do Seu povo.

Para entender melhor o que vimos até aqui, acompanhe as datas olhando o diagrama abaixo.