video bokep indonesia indobokep videobokeper videongentot videomesum entotin bokepindonesia videopornoindonesia bokeper bokepsmu filmbokepindonesia filmbokep indobokep bokep indonesia videobokepindo informasiku ngeliker cipoker sukapoker indoagenqq mainjudi mejajudi agenqq
Estudos

O Juízo Investigativo

1.  O que dará Deus no juízo, e como será esta cena?

Eclesiastes 12: 14

Porque Deus há de trazer a juízo todas as obras, até as que estão escondidas, que sejam boas, quer sejam más.

No juízo que agora ocorre no céu, Deus investiga o caso de cada pessoa minuciosamente, nem mesmo as coisas “escondidas” – os pecados ocultos – deixam de ser avaliados. Nada passa despercebido diante dos olhos dAquele que tudo vê.

2. Como é a cena do Juízo?

Daniel 7: 9 e 10

Continuei olhando, até que foram postos uns tronos, e o Ancião de Dias se assentou; sua veste era branca como a neve, e os cabelos da cabeça, como a pura lã; o seu trono eram chamas de fogo, e suas rodas era fogo ardente. Um rio de fogo manava e saía de diante dele; milhares de milhares o serviam, e miríades de miríades estavam diante dele; assentou-se o tribunal, se abriram os livros.

Daniel, em visão, contemplou a cena que ocorreria no céu a partir de 1844. Viu o tribunal se assentando e os livros de cada pessoa sendo examinados perante Deus.

3. Quem é o Juiz?

João 5: 22; Atos 17: 31

E o Pai a ninguém julga, mas ao Filho confiou todo julgamento.

…porquanto estabeleceu um dia em que há de julgar o mundo com justiça, por meio de um varão que destinou e acreditou diante de todos, ressuscitando-o dentre os mortos.

Neste tribunal celestial, Deus confiou o julgamento a Jesus Cristo.

4. Quem são as testemunhas?

Apocalipse 5: 11

Vi o ouvi voz de muitos anjos ao redor do trono, dos seres viventes e dos anciãos, cujo número era de milhões e milhões e milhares de milhares.

Os anjos do Senhor sempre estão ao lado dos fiéis para os protegerem e, portanto, contemplam como testemunhas todas as cenas da vida destas pessoas. São desse modo, fiéis testemunhas oculares no tribunal de Deus. (Veja também Daniel 7: 10)

5. Quem é o nosso advogado de defesa?

I João 2: 1

Filhinhos meus, estas coisas vos escrevo para que não pequeis. Se, todavia, alguém pecar, temos Advogado junto ao Pai, Jesus Cristo, o Justo;

Jesus Cristo, além de juiz do tribunal do céu, é também nosso advogado. Defende-nos diante do acusador.

6.  Quem é o acusador?

Apocalipse 12: 9-10

E foi expulso o grande dragão, a antiga serpente, que se chama diabo e Satanás, o sedutor de todo o mundo, sim, foi atirado para a terra, e, com ele, os seus anjos..pois foi expulso o acusador de nossos irmãos, o mesmo que os acusa de dia e de noite, diante do nosso Deus.

Satanás constantemente nos acusa perante Deus. Cada atitude errada que tomamos é um pretexto que concedemos a ele para que nos acuse. Graças a Deus por possuirmos no céu a Cristo como nosso advogado para nos defender.

7.  Quais são os livros do julgamento?

a) Livro da Vida: Apocalipse 20: 12, 15; 21:27; Filipenses 4: 3

Vi também os mortos, os grandes e os pequenos, postos em pé diante do trono. Então, se abriram livros. Ainda outro livro, o Livro da Vida, foi aberto. E os mortos foram julgados, segundo as suas obras, conforme o que se achava escrito nos livros.

E, se alguém não foi achado inscrito no Livro da Vida, esse foi lançado para dentro do lago de fogo.

Nela, nunca jamais penetrará coisa alguma contaminada, nem o que pratica abominação e mentira, mas somente os inscritos no Livro da Vida do Cordeiro.

A ti, fiel companheiro de jugo, também peço que as auxilies, pois juntas se esforçaram comigo no evangelho, também com Clemente e com os demais cooperadores meus, cujos nomes se encontram no Livro da Vida.

Possui o nome de todos aqueles que aceitam a Cristo como seu Salvador pessoal.

b) Livro Memorial: Malaquias 3: 16

Então, os que temiam ao SENHOR falavam uns aos outros; o SENHOR atentava e ouvia; havia um memorial escrito diante dele para os que temem ao SENHOR e para os que se lembram do seu nome.

Contém registro dos atos de justiça (boas obras) dos santos.

c) Livro das Iniquidades: Isaías 65: 6-7

Eis que está escrito diante de mim, e não me calarei; mas eu pagarei, vingar-me-ei, totalmente, das vossas iniquidades de vossos pais, diz o SENHOR, os quais queimaram incenso nos montes e me afrontaram nos outeiros; pelo que eu vos medirei totalmente a paga devida às suas obras antigas.

Contém o registro de todos os pecados que cometemos.

8. Quando o nome de alguém é escrito no livro da vida?

João 5: 24

Em verdade, em verdade vos digo: quem ouve a minha palavra e crê naquele que me enviou tem a vida eterna, não entra em juízo, mas passou da morte para a vida.

Quando aceitamos a Cristo como nosso Salvador pessoal, passamos a ser portadores da Vida Eterna e nossos nomes são inscritos no Livro da Vida.

9. Quem será julgado?

I Pedro 4: 17

II Coríntios 5: 10

Porque a ocasião de começar o juízo pela casa de Deus é chegada; ora, se primeiro vem por nós, qual será o fim daqueles que não obedecem ao evangelho de Deus?

Porque importa que todos nós compareçamos perante o tribunal de Cristo, para que cada um receba segundo o bem ou o mal que tiver feito por meio do corpo.

Neste tribunal, os casos de todos aqueles que aceitam a Cristo serão analisados.

10. Os ímpios serão julgados neste tribunal?

João 3: 18

Quem nele crê não é condenado; o que não crê já está julgado, porquanto não crê no nome do unigênito Filho de Deus.

Aqueles que não creem em Jesus já estão condenados e não precisam de um juízo para decidir se são dignos da vida eterna, pois rejeitam o único que pode conceder a vida, Jesus Cristo.

11. Como é feito o juízo?

Apocalipse 20: 12

Vi também os mortos, os grandes e os pequenos, postos em pé diante do trono. Então, se abriram livros. Ainda outro livro, o Livro da Vida, foi aberto. E os mortos foram julgados, segundo as suas obras, conforme o que se achava escrito nos livros.

Primeiramente, abre-se o livro da vida. Se o nome da pessoa está ali, verifica-se o seu registro de pecados, se tem andado em conformidade com a vontade de Deus. Se esta pessoa confessou os seus pecados e aceitou a Jesus como o seu Salvador pessoal e procura viver uma vida santa, sem pecado, em Cristo Jesus, estará salva. Receberá então o seu galardão baseado no livro das boas obras (memorial). Se esta pessoa não vive uma vida digna de um cristão, receberá o salário pelo seu pecado (morte).

12. Qual é a norma do juízo?

Tiago 2: 10-12

Pois qualquer que guarda toda a lei, mas tropeça em um só ponto, se torna culpado de todos. Porquanto, aquele que disse: Não adulterarás também ordenou: Não matarás. Ora, se não adulteras, porém matas, vens a ser transgressor da lei. Falai de tal maneira e de tal maneira procedei como aqueles que hão de ser julgados pela lei da liberdade.

Todo o tribunal possui uma lei. A Lei de Deus, os Dez Mandamentos, é a norma do juízo divino. Cada caso será analisado com base nesta Lei.

Para refletir: Se os teus livros fossem abertos hoje neste juízo, qual seria a sentença pronunciada sobre o teu caso?

13. Se alguém aceitou a Cristo Jesus, mas não permitiu que Ele fizesse uma transformação em sua vida, de apagamento de pecados, o que ocorrerá com a pessoa?

Êxodo 32: 33

Salmos 69: 27-28

Então, disse o SENHOR a Moisés: Riscarei do meu livro todo aquele que pecar contra mim.

Soma-lhes iniquidade à iniquidade, e não gozem da tua absolvição. Sejam riscados do Livro dos Livros e não tenham registro com os justos.

Quando o caso desta pessoa que pratica pecados contra Deus for analisado, o nome dela será riscado do Livro da Vida para sempre e o seu registro no livro dos justos (memorial das boas obras) será apagado.

14. Que decreto é feito na conclusão do juízo?

Apocalipse 22: 11

Continue o injusto fazendo injustiça, continue o imundo ainda sendo imundo; o justo continue na prática da justiça, e o santo continue a santificar-se.

A sentença final será irrevogável. Quando Cristo terminar Sua obra todos os casos estarão selados para toda a eternidade.

15. Quando começaria este juízo?

Daniel 8: 14

Ele me disse: Até duas mil e trezentas tardes e manhãs; e o santuário será purificado.

A purificação do santuário era uma obra em que cada caso era analisado perante Deus e os pecados do povo arrependido eram apagados. Esta obra iniciou-se no céu no dia 22 de outubro de 1844.

Veja, acessando o link abaixo, um estudo que mostra através da bíblia, como chegar na data mencionada acima:

http://www.averdadesobreofim.com.br/estudos/profecia-das-2300-tardes-manhas/