video bokep indonesia indobokep videobokeper videongentot videomesum entotin bokepindonesia videopornoindonesia bokeper bokepsmu filmbokepindonesia filmbokep indobokep bokep indonesia videobokepindo informasiku ngeliker cipoker sukapoker indoagenqq mainjudi mejajudi agenqq
Estudos

O Dom de Línguas

1. Na lista dos dons mais excelentes, qual é o dom mais inferior?

I Coríntios 12: 28

A uns estabeleceu Deus na igreja, primeiramente apóstolos; em segundo lugar, profetas; em terceiro lugar, mestres; depois, operadores de milagres; depois, dons de curar, socorros, governos, variedades de línguas.

De todos os dons que Deus concede à Sua igreja, o mais inferior deles é o dom de línguas. Embora seja um dom muito especial e necessário, comparado com os outros, ele é o último da lista bíblica.

2. Como foi que o dom de línguas se manifestou no passado e como o verdadeiro dom se manifestará?  

Atos 2:4

Todos ficaram cheios do Espírito Santo e passaram a falar em outras línguas, segundo o Espírito lhes concedia que falassem.

Quando o Espírito Santo é derramado em medida especial sobre alguém, em determinadas vezes ele se manifesta através do dom de falar em outras línguas.

3. As línguas que cada pessoa falava eram estranhas ou eram conhecidas?

Atos 2:6-8

Quando, pois, se fez ouvir aquela voz, afluiu à multidão, que se possuiu de perplexidade, porquanto cada um os ouvia falar na sua própria língua. Estavam, pois, atônitos e se admiravam, dizendo: Vede! Não são, porventura, galileus todos esses que aí estão falando? E como os ouvimos falar, cada um em nossa própria língua materna?

O dom de línguas foi dado com o intuito de evangelizar. Havia em Jerusalém pessoas que haviam vindo de todas as partes do mundo, e, para que recebessem a Palavra, os discípulos precisavam falar na língua deles. Por isso, eles falaram nos quinze idiomas das pessoas que estavam presentes naquele evento (ver Atos 2:9-11).

4. Os samaritanos, ao receberem o Espírito Santo, falaram em línguas?

Atos 8: 17

Então, lhes impunham as mãos, e recebiam estes o Espírito Santo.

Como em Samaria todos falavam a mesma língua (aramaico), não foi necessário derramar o dom de línguas, visto que ninguém de outra nacionalidade precisava ser evangelizado ali.

5. A igreja de Éfeso recebeu este dom?

Atos 19:6

E, impondo-lhes Paulo as mãos, veio sobre eles o Espírito Santo; e tanto falavam em línguas como profetizavam.

Éfeso era uma cidade portuária em que habitavam pessoas de todas as partes do mundo. Para que o evangelho fosse levado ali, era necessário falar outras línguas, do contrário não haveria forma de se comunicar com os estrangeiros.

6. A igreja de Corinto compreendia a maneira correta de utilizar os dons?

I Coríntios 12:1

A respeito dos dons espirituais, não quero, irmãos, que sejais ignorantes.

A igreja de Corinto era cheia de problemas (ver I Coríntios 3:1-4; 5:1; 6:1-4; 7: 25-40; 10:14), e um destes problemas era que eles não sabiam usar os dons de maneira correta.

7. De que maneira errada eles usavam o dom dado por Deus?

I Coríntios 14:2

Pois quem fala em outra língua não fala a homens, senão a Deus, visto que ninguém o entende, e em espírito fala mistérios.

O dom de línguas fora dado com o intuito de evangelizar, mas ao invés de fazerem isso, eles estavam usando este dom para falar com Deus, pervertendo o sentido original.

[Nota: Algumas versões dizem “línguas estranhas”. A palavra “estranhas” não se encontra nos manuscritos originais da Bíblia.]

8. Deus deu o dom de línguas para falar e orar na igreja ou para evangelizar os incrédulos de outras nacionalidades?

I Coríntios 14: 22

De sorte que as línguas constituem um sinal não para os crentes, mas para os incrédulos; mas a profecia não é para os incrédulos, e sim para os que crêem.

Deus havia dado este dom como um sinal para o incrédulo para que, ao ouvir alguém falando em sua própria língua das maravilhas de Deus, viesse a converter-se.

9. Alguma das línguas faladas pelo dom não pode ser entendida?

I Coríntios 14:10

Há, sem dúvida, muitos tipos de vozes no mundo; nenhum deles, contudo, sem sentido.

Todas as línguas que são distribuídas pelo Espírito Santo são línguas que podem ser compreendidas pelos homens.

10. Quem entre eles era o que mais falava outras línguas?

I Coríntios 14:18-19

Dou graças a Deus, porque falo em outras línguas mais do que todos vós. Contudo, prefiro falar na igreja cinco palavras com o meu entendimento, para instruir outros, a falar dez mil palavras em outra língua.

O apóstolo Paulo era quem mais viajava para pregar o evangelho. Para que ele levasse esse evangelho às outras nações ele precisava falar a língua nativa de cada uma delas, por isso possuía o dom de falar em mais línguas do que todos os outros membros da igreja. Mais uma vez destaca-se o fato de que o dom de línguas foi dado com o intuito de evangelizar.

11. Deve haver esse tipo de confusão que vemos hoje nas diversas igrejas?

I Coríntios 14:33

Porque Deus não é de confusão, e sim de paz. Como em todas as igrejas dos santos.

Nos lugares onde há confusão Deus não está presente.

12. Se ninguém entender o que se está falando, o que deve ser feito?

I Coríntios 14:28

Mas, não havendo intérprete, fique calado na igreja, falando consigo mesmo e com Deus.

Quando não há quem possa traduzir o que está sendo falado, a pessoa deve estar calada na igreja.

13. Alguém na Bíblia já falou a língua dos anjos?

I Coríntios 13:1

Ainda que eu falasse as línguas dos homens e dos anjos, se não tiver amor, serei como o bronze que soa ou como o címbalo que retine.

O apóstolo não disse que falava a língua dos anjos, mas sim disse “ainda que eu falasse…”. Sempre que o anjo apresentava-se aos servos de Deus para lhes trazer uma mensagem, ele falava na língua dos servos.

Vejamos abaixo os pontos principais que vimos em nosso estudo:

1. O dom foi dado para evangelizar (Ver Atos 2);

2. Eram línguas conhecidas, idiomas de outros territórios (não línguas de anjos). (Ver Atos 2:9-12; I Cor. 14:10);

3. É um dom de Deus (Ver I Cor. 12:28);

4. Está listado como o dom mais inferior embora seja também importante (Ver I Cor. 12:28);

5. Sempre que falado na igreja, deve haver tradutor (Ver I Cor. 14:5 e 28);

6. É um sinal para os incrédulos e não para os crentes. (I Cor. 14:22);

7. Só é derramado quando se necessita dele (Ver Atos 19:1-5; Atos 8:16-17);

Acesse também clicando no link abaixo, um estudo complementar:

http://www.averdadesobreofim.com.br/estudos/verdadeiro-dom-de-linguas/