Estudos

50. A Mensagem do Primeiro Anjo

Tem Deus designado um dia de juízo?

“Porquanto tem determinado um dia em que, com justiça, há de julgar o mundo, por meio do varão que destinou; e disso deu certeza a todos, ressuscitando-o dos mortos”. Atos 17:31.

Para quem este evento tem se tornado conhecido?

“Certamente o Senhor DEUS não fará coisa alguma, sem ter revelado o seu segredo aos seus servos, os profetas”. Amós 3:7.

Onde é feito o anúncio do juízo?

“Dizendo, com grande voz: Temei a Deus e dai-lhe glória, porque é vinda a hora do seu juízo, e adorai aquele que fez o céu, e a terra, e o mar, e as fontes das águas”. Apocalipse 14:7.

O que o anjo, que faz este anúncio, prega?

“E vi outro anjo voar pelo meio do céu, e tinha o evangelho eterno, para o proclamar aos que habitam sobre a terra, e a toda a nação, e tribo, e língua, e povo”. Apocalipse 14:6.

Pelo que este anjo é acompanhado antes de sua obra ser cumprida?

“E outro anjo seguiu, dizendo: Caiu, caiu Babilônia, aquela grande cidade, que a todas as nações deu a beber do vinho da ira da sua prostituição. E seguiu-os o terceiro anjo, dizendo com grande voz: Se alguém adorar a besta, e a sua imagem, e receber o sinal na sua testa, ou na sua mão. Também o tal beberá do vinho da ira de Deus, que se deitou, não misturado, no cálix da sua ira; e será atormentado com fogo e enxofre, diante dos santos anjos e diante do Cordeiro”. Apocalipse 14:8-10.

Qual será o efeito da obra conjunta destas três mensagens?

“E outro anjo saiu do templo, clamando com grande voz ao que estava assentado sobre a nuvem: Lança a tua foice, e sega; é já vinda a hora de segar, porque já a seara da terra está madura”. Apocalipse 14:15. (Ver Mateus 13:39).

O que ocorre em conexão com a colheita?

“E olhei, e eis uma nuvem branca, e assentado sobre a nuvem um semelhante ao Filho do homem, que tinha sobre a sua cabeça uma coroa de ouro, e na sua mão uma foice aguda. Apocalipse 14:14.

Qual era a aparência de um anjo visto por João, como registrada no capítulo dez?

“E VI outro anjo forte, que descia do céu, vestido de uma nuvem, e por cima da sua cabeça estava o arco celeste, e o seu rosto era como o sol, e os seus pés como colunas de fogo”; Apocalipse 10:1.

O que Ele segurava em Sua mão?

“E tinha na sua mão um livrinho aberto. E pôs o seu pé direito sobre o mar, e o esquerdo sobre a terra”; Apocalipse 10:2.

O que o anjo fez?

“E tinha na sua mão um livrinho aberto. E pôs o seu pé direito sobre o mar, e o esquerdo sobre a terra. E clamou, com grande voz, como quando brama o leão; e, havendo clamado, os sete trovões fizeram soar as suas vozes. Apocalipse 10:2,3.

Qual era o foco desta mensagem?

“E o anjo que vi estar sobre o mar e sobre a terra levantou a sua mão ao céu, E jurou, por aquele que vive para todo o sempre, o qual criou o céu e o que nele há, e a terra e o que nela há, e o mar e o que nele há, que não haveria mais demora”; Apocalipse 10:5,6.

O livro na mão do anjo, pelo qual Ele proclamou esta mensagem de tempo, era dito estar “aberto”. Quando deveria o único livro selado da Bíblia, que continha tempo definido, ser aberto?

“E tu, Daniel, fecha estas palavras e sela este livro, até ao fim do tempo: muitos correrão de uma parte para outra, e a ciência se multiplicará”. Daniel 12:4.

O que o profeta Daniel vê com respeito ao juízo?

“Eu continuei olhando, até que foram postos uns tronos, e um Ancião de Dias se assentou: o seu vestido era branco como a neve, e o cabelo da sua cabeça como a limpa lã; o seu trono chamas de fogo, e as rodas dele fogo ardente. Um rio de fogo manava e saía de diante dele: milhares de milhares o serviam, e milhões de milhões estavam diante dele: assentou-se o juízo, e abriram-se os livros”. Daniel 7:9,10.

O que Daniel vê fazer o chifre pequeno (Igreja Católica Romana) após o juízo ser aberto?

“Então estive olhando, por causa da voz das grandes palavras que provinha da ponta: estive olhando até que o animal foi morto, e o seu corpo desfeito e entregue para ser queimado pelo fogo”. Daniel 7:11.

Quando, disse o anjo, esta obra de juízo, chamada a purificação do santuário, iria começar?

“E ele me disse: Até duas mil e trezentas tardes e manhãs; e o santuário será purificado”. Daniel 8:14.

O que fez João com o livro pequeno dado a ele pelo anjo? Que efeito teve sobre ele?

“E tomei o livrinho, da mão do anjo, e comi-o; e na minha boca era doce como mel; e, havendo-o comido, o meu ventre ficou amargo”. Apocalipse 10:10.

O que estava simbolizado pelo comer o livro?

“DEPOIS me disse: Filho do homem, come o que achares: come este rolo, e vai, fala à casa de Israel”. Ezequiel 3:1.

Não foram os discípulos desapontados em suas expectativas concernentes à obra de Cristo em Seu primeiro advento?

“Aqueles, pois, que se haviam reunido, perguntaram-lhe, dizendo: Senhor, restaurarás tu neste tempo o reino a Israel?” Atos 1:6 (Ver também Lucas 24:19-21).

NOTA. – O desapontamento dos discípulos de Cristo não provou ser falsa Sua missão. Assim que Ele adentrou Jerusalém por entre as aclamações de “Hosana!” dos deleitados discípulos, que supuseram que ele iria então tomar o trono de Davi e começar Seu reinado, os Fariseus pediram a Ele para reprovar os discípulos. Mas Cristo respondeu: “Digo-vos, que se eles se calarem, as pedras imediatamente clamarão (lucas 19:40). E por quê? Porque as profecias relativas à Sua obra terrestre tinham predito Sua entrada em Jerusalém (Zac. 9:9), e deveriam ser cumpridas, mesmo que as pedras devessem ser usadas para isto. Então, o Senhor, neste evento, permitiu serem Seus discípulos desapontados; e ainda assim estavam eles cumprindo a profecia. Quando Israel deixou o Egito, sob a impressão de que eles iriam, em poucos dias, no máximo, adentrar a terra prometida, eles também ficaram desapontados. Mas aquilo não servia como prova de que o chamado de Moisés não era divino, nem tampouco provava que a saída do Egito não fora ordenada por Deus. Em todo grande movimento que Deus tem inaugurado entre Seu povo, Ele tem permitido que venha o desapontamento, para testar a fé dos que estão nele. Fora assim nos casos de Elias, Jonas, e outros. E assim o era em 1844. Deus permitiu que Seu povo não captasse o desígnio da profecia, e assim sua fé foi testada. O desapontamento teve lugar; não por um erro em localizar o início ou o final dos 2300 dias, mas na natureza do evento a ocorrer ao final daqueles dias. Eles supuseram que a purificação do santuário significava a purificação da terra pelo fogo, na segunda vinda de Cristo.

O que, disse o Senhor, deveria ser feito após isto?

“E ele disse-me: Importa que profetizes, outra vez, a muitos povos, e nações, e línguas e reis” Apocalipse 10:11.

Qual mensagem deveria seguir imediatamente a proclamação do juízo?

“E outro anjo seguiu, dizendo: Caiu, caiu Babilônia, aquela grande cidade, que a todas as nações deu a beber do vinho da ira da sua prostituição”. Apocalipse 14:8. Para a explicação dessa mensagem, ver o próximo capítulo (51).